Conservação Ambiental

Bastidores do Zoo

Manter um zoológico é muito mais que dar comida e abrigo para os animais ou divertir as pessoas. Primeiro porque além da alimentação, os cuidadores de animais são responsáveis pela limpeza e manutenção do recinto. Isso inclui higienizar os tanques e trocar a água, repor a areia, trocar poleiros, realizar pequenos reparos, buscar e moer capim, entre muitos outros afazeres.

Segundo porque existem outras funções que o público nem percebe. Como os funcionários da nutrição que preparam todas as refeições para os animais. O pessoal da zeladoria que mantem a jardinagem em dia e realiza a limpeza dos ambientes do Zoo, bem como de vidros e placas para que todos possam ver os animais e suas informações, desfrutando de um espaço bem cuidado e organizado. O setor administrativo responsável pelas finanças, RH e todas as demais tarefas necessárias para o funcionamento da instituição.

Além de tudo isso há também o trabalho dos técnicos. Os veterinários zelam pela saúde dos animais, utilizando-se de protocolos de medicina preventiva, como vacinação e vermifugação, realizando tratamentos e procedimentos em alguns casos, dentre outras medidas para avaliar e manter a integridade do plantel. O biólogo que é responsável por todos os registros do plantel (nascimentos, aquisições, permutas, transferências, etc), elaboração de planos de manejo, bem como a supervisão de todos os setores.

E há ainda inúmeras obrigações e preocupações extras como a destinação dos dejetos e sobras de alimento; controle de pragas (moscas, formigas, etc); planejamento de reformas e construção de recintos que obedeçam a legislação e satisfaçam as necessidades das espécies; elaboração e aplicação de atividades de enriquecimento e bem-estar animal, proporcionando momentos de lazer para os animais; entre outras.

E se agora você está se perguntando: mas como tudo isso é possível? Aonde preparam tudo? Saiba que temos diversas estruturas de apoio. Os cambiamentos e corredores de segurança que nos dão acesso aos recintos e impedem o contato direto com o animal, oferecendo segurança. A clínica veterinária que dispõe de estrutura necessária para os atendimentos e intervenções. A nutrição com espaço suficiente para o armazenamento e preparo da alimentação. Os escritórios para a realização dos afazeres burocráticos. Uma oficina que dispõe de materiais para que os colaboradores possam realizar a manutenção do Zoo. Os setores extras para manejar animais temporariamente, em decorrência de reformas, transferências, tratamentos veterinários, etc.

Enfim, o trabalho diário num zoológico vai muito além do que o visitante pode ver. 

Veja também:

» Conservação

» Programas de conservação

» Bastidores do Zoo

» Nutrição animal

» Espécies ameaçadas

» O Zoo em números