Educação Ambiental

Perguntas mais Frequentes

1. QUEM MANTÉM O ZOO? O Zoo Pomerode é uma Fundação privada, sem fins lucrativos, mantido financeiramente pelo dinheiro da venda dos ingressos e subvenção social da Prefeitura de Pomerode. Além disso, o Zoo criou o Projeto Arca de Noé – Adote um Animal - uma ação sócio ambiental que visa angariar recursos financeiros, para serem utilizados na manutenção e melhorias dos habitats (recintos) dos animais e para o aumento do número de espécies protegidas no Zoológico.

2. QUANTAS ESPÉCIES DE ANIMAIS EXISTEM NO ZOOLÓGICO? Atualmente vivem no Zoo Pomerode mais de 290 espécies, entre mamíferos, répteis e aves, totalizando aproximadamente 1.400 animais.

3. DE ONDE VIERAM OS ANIMAIS QUE ESTÃO NO ZOO? Os animais que existem no Zoo foram adquiridos através de: • permutas (trocas) de animais com outras instituições; • aquisições de outros Zoológicos; • doações supervisionadas pelo IBAMA; • apreensão de animais pelo IBAMA; • nascimentos no próprio Zoológico. OBS: O Zoo Pomerode só recebe animais mediante autorização do IBAMA (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis, um órgão do Governo Federal).

4. PODE ALIMENTAR OS ANIMAIS NO ZOO? Não é permitido alimentar os animais no Zoo. A alimentação dos animais segue um cardápio nutricional equilibrado, onde os alimentos são selecionados pela qualidade e valor nutricional. Os alimentos são preparados e servidos diariamente em bandejas, pelos tratadores, recebendo o acompanhamento dos técnicos do Zoológico (médicos veterinários e biólogos).

5. PODE TOCAR NOS ANIMAIS NO ZOO? Todos os animais que vivem no Zoo Pomerode são animais selvagens, portanto, seu comportamento é imprevisível. Para a sua própria segurança, não toque nos animais.

6. QUEM TEM MAIOR CONTATO COM OS ANIMAIS NO ZOO? Os tratadores de animais. Eles mantem os recintos limpos, adequados aos animais e fornecem os alimentos (dietas especialmente preparadas para cada animal). Diariamente, os tratadores observam se os animais estão com aspecto saudável, o seu modo de alimentar, comportamento e aparência externa. O contato do tratador com os animais é físico somente quando necessário.

7. DE QUÊ OS ANIMAIS SE ALIMENTAM NO ZOO? A dieta dos animais no Zoo é elaborada por biólogos e veterinários e existe uma cozinha específica para preparar os alimentos dos animais. Uma equipe prepara as “bandejas”, que são fornecidas duas vezes ao dia à maioria dos animais. Os alimentos básicos são verduras, legumes, frutas, carnes, ovos, rações e capim. Todos os alimentos são comprados de fornecedores. Existe ainda um biotério onde são criados camundongos e insetos para alimentar cobras, corujas, gaviões e alguns mamíferos.

8. POR QUE ALGUNS ANIMAIS FICAM MUITO TEMPO PARADOS OU DORMINDO? Todos os animais, assim como nós, tem um jeito próprio de ser: alguns, como macaco-prego e furão, tem um comportamento mais agitado. Outros, como chimpanzé, jacaré, lobo-guará, mão-pelada, leões entre outros, ficam mais quietos, seja pelo hábito de vida (noturnos, crepusculares) ou pela própria natureza do comportamento. Por isso, antes de fazer uma visita ao Zoo, procure saber mais sobre o comportamento dos animais selvagens. Ou então agende sua visita e converse a respeito com um de nossos técnicos. Ou ainda, leia as placas informativas em frente ao recinto dos animais.

9. QUEM CUIDA DA SAÚDE DOS ANIMAIS NO ZOO? O QUE ACONTECE QUANDO UM ANIMAIL FICA DOENTE? Os veterinários e tratadores cuidam da saúde dos animais de maneira preventiva (exames periódicos, vacinas, tratamentos contra parasitas) e curativa (tratamentos e cirurgias). A Clínica Veterinária do Zoo possui infra-estrutura adequada ao tratamento e ao acompanhamento dos animais como sala de cirurgia, curativos e necropsia, farmácia. Está equipada com raio-x, microscópio, anestesia inalatória, equipamento odontológico, etc. Assim como nós, os animais do Zoo também adoecem. Os animais doentes são deslocados para um local fora da área de visitação, chamado de Setor-extra. É para esse local que são levados também animais que estão em fase de reprodução, filhotes ou animais em observação, ou ainda os que estão em quarentena. Neste local, os animais doentes recebem acompanhamento médico-veterinário até ficarem bons novamente. Só então são devolvidos aos seus respectivos recintos.

10. POR QUE ALGUNS ANIMAIS SÃO TAXIDERMIZADOS (EMPALHADOS)? A Taxidermia é um ramo da biologia que tem por objetivo conservar animais mortos despojados de vísceras, carnes e esqueletos, utilizando-se somente da pele curtida do exemplar (empalhamento). É usada para a criação de coleção científica ou para fins de exposição. Observar animais sem vida, que foram taxidermizados (empalhados) para estudo ou exibição, pode não parecer tão divertido quanto ir a um Zoológico. Porém, a Taxidermia é uma importante ferramenta em trabalhos de Conservação, pois tem como principal objetivo o resgate de espécimes descartados, reconstituindo suas características físicas e simulando seu habitat, o mais fielmente possível para que possam ser usados como ferramentas para Educação Ambiental ou como material didático.

11. POR QUE ALGUNS RECINTOS TEM POUCA OU NENHUMA VEGETAÇÃO? No Zoo Pomerode, os animais vivem em recintos ou habitats – uma imitação do habitat natural do animal. A vegetação dos recintos depende do modo de vida e do comportamento da espécie que ali vive. Existem animais pesados ou agitados que amassam e arrancam a vegetação. Alguns animais tem o hábito de “coçar” chifres ou “afiar” suas garras e bicos nos troncos de árvores; outros gostam até de empurrá-los. Esse tipo de hábito pode fazer com que o aspecto do recinto torne-se pobre em vegetação, sendo considerado “feio” por muitas pessoas.

12. POSSO LEVAR MEU ANIMAL DE ESTIMAÇÃO AO ZOO? Recomendamos que você deixe seu animal de estimação em casa, pois no Zoológico não é permitida a entrada destes animais, tanto pelo bem de nossas espécies como do seu mascote.

Clique AQUI e saiba mais sobre visitas escolares de grupo e com guia!

Veja também:

» PROJETO "CONVERSANDO SOBRE PRIMATAS"

» PROJETO RÉPTEIS DE SANTA CATARINA - 2016

» PROJETO AVES DE SANTA CATARINA - 2015

» PROJETO MAMÍFEROS DE SANTA CATARINA - 2013/2014

» Observação de animais no Zoo

» Perguntas mais Frequentes

» O Zoo na mídia

» Curiosidades Animais